Informações online de produtos não substituem o varejo físico

Por Loise Schwarzbach
Apesar das vendas online transformarem o varejo tradicional, a maioria dos produtos são vendidos no ambiente offline, afinal, examinar um produto “ao vivo” é um forte influenciador de compra. Porém, será que o ambiente de compra altera a importância dada aos atributos do produto? Pesquisadores investigaram essa diferença comparando descrições verbais e fotos em detrimento ao exame físico. Dois resultados principais foram encontrados:
(1) Ver ou tocar o produto pode aumentar a importância que o consumidor dá a certos atributos que poderiam passar despercebidos. Por exemplo, uma alça confortável e regulável de uma mochila pode melhorar a sua avaliação, mesmo que esse detalhe não fosse o foco inicial buscado pelo usuário. Assim, o consumidor pode gostar mais de um produto do que antes.
(2) Quando a avaliação online é feita antes da offline, o cliente perceberá mais aspectos diferenciais no produto. Isso demonstra que a avaliação online não fornece todas as informações  necessárias e que o exame físico gera aprendizagem sobre o produto.

Fonte: Dzyabura, D., Jagabathula, S., & Muller, E. (2019). Accounting for discrepancies between online and offline product evaluations.​ Marketing Science, 38(1):88-106.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *