Consumidores podem compensar experiências  amorosas ruins com a compra de produtos românticos

Por Paulo Gomes
A experiência de um romance pode ser um dos aspectos mais profundos e significativos na vida de uma pessoa. Por saberem disso, empresas constantemente nos oferecem produtos e serviços relacionados a esse tema,  como aplicativos de encontros, livros e filmes românticos. Tendo isso em mente, um grupo de pesquisadores norte americanos se perguntou como essas experiências românticas poderiam influenciar nossas escolhas de consumo.  Eles concluíram que o perfil romântico do consumidor pode ter consequências diretas nas respostas à uma oferta recebida. Alguém que teve uma rejeição traumática, cria um mecanismo de defesa a futuras rejeições e se torna mais resistente ao romance, e consequentemente às ofertas desse tipo. No entanto, aqueles que ao invés de terem sido rejeitados, tiveram um relacionamento conturbado, podem tentar buscar no consumo romântico uma forma de compensar a falta de envolvimento do seu relacionamento. Do ponto de vista empresarial, conhecer esse perfil romântico dos consumidores pode ajudar os gestores a melhor direcionar suas ofertas, já que produtos e serviços  românticos podem ter maior chance de compra por consumidores que querem compensar suas experiências românticas conturbadas.

Fonte: Mende, M., Scott, M. L., Garvey, A. M., & Bolton, L. E. (2019). The marketing of love: how attachment styles affect romantic consumption journeys. Journal of the Academy of Marketing Science, 47 (2), 255–273.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *